23/09/2015

Uma dose de inspiração: Raphael Draccon

Eu nem estava feliz por ter conhecido o Raphael. 

Ontem teve uma viagem literária aqui onde moro, com a presença de Raphael Draccon (um dos escritores mais influentes no Brasil atualmente). Devo dizer que desde que li a Trilogia Dragões de Éter, os livros desse autor já haviam ganhado um espaço no meu coração. 

Foram livros muito bem escritos, envolventes, e marcantes. Agora estou lendo Fios de Prata, e a sensação é a mesma: Raphael é um dos mais proeminentes escritores nacionais. 

"Existem poucas coisas, bem poucas, pelas quais vale a pena viver ou morrer. O amor é uma delas." (Trecho de Dragões de Éter - Corações de Neve). 

Como se não bastasse, ao conhecê-lo pessoalmente, pude ter a convicção de que Raphael não se trata apenas de um excelente escritor. Ele é uma pessoa ótima, super carismático, de uma humildade impressionante. 

O autor contou sua jornada para se tornar o escritor que ele sempre quis ser, como superou seus problemas e aprendeu lições valiosas no decorrer de sua vida. Com uma história de vida inspiradora, Raphael nos comove com seus relatos familiares sobre sua avó ser morta pelo alcoolismo, com um pai que foi o primeiro a dizer que ele morreria de fome se quisesse ser "escritor", e também, como o mesmo apoiou-o no momento do lançamento de seu livro. 

Falou sobre o falecimento de seu pai (um dia após o lançamento do livro na Bienal), e como a melhor e a pior coisa do mundo estavam acontecendo com ele ao mesmo tempo. Mas se tem uma lição que ele tirou disso tudo, é que a vida segue. Ela sempre deve seguir, independente de para qual caminho esteja indo, e naquele momento, ele estava caminhando em direção à vida que gostaria de ter. 

E o mais importante de tudo, foi concluir sua palestra com o motivo pelo qual ele descobriu que realmente queria ser escritor: para fazer as pessoas voltarem a acreditar que ainda é possível sonhar. Que muitas vezes, o impossível torna-se possível, e que nosso destino só depende de nós mesmos. 

Desde que nunca deixemos de sonhar. 

Draccon deixou diversas lições valiosas para aqueles que tiveram o privilégio de estarem assistindo sua palestra, mas não me deixou dúvidas de que se eu já gostava imensamente dos livros dele, agora o admiro muito mais ainda por ser quem ele é. 

Com carinho, 
Juliana Rodrigues. 

6 comentários:

  1. Ah! Que foto amorosa! Que bom que você o conheceu.

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderExcluir
  2. É muito legal conhecer de perto autores, ainda mais os que gostamos. Eu sempre imagino como deva ser pessoalmente os meu ídolos escritores, espero um dia conhecer alguns.

    Beto,

    blogcoisastriviais.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com toda certeza. É bom conhecer escritores, especialmente aqueles que mudaram nossa vida. Nem que seja um pouco.

      Até mais.

      Excluir
  3. que blog incccrivel que tu tem,nossa Parabéns!!!
    tenha uma linda tarde
    http://aspoesiasdananda.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Nanda ♥
      Igualmente,

      Até mais

      Excluir