15/01/2017

Rioderguz: Notas de um caderninho de observações

Notas sobre ele:

Ainda caminhava a passos largos, tinha o sorriso de dentes falhos (mas ela gostava. Ninguém compreendia!), a mesma postura ao sentar, gesticulava com as mãos, para dar intensidade a sua fala.

O mesmo penteado, as mesmas roupas e piadas despretensiosas.

Por fora, permanecia quase igual.

Por dentro, já não era mais o mesmo.

Notas sobre ela: 

Deixou o cabelo crescer, mudava de cor a cada estação, pois cada mudança em seu exterior, representava algo que ela queria mudar por dentro.

Olhos sugestivos, maçãs altas e protuberantes no rosto, lábios finos e rosados.

Por fora, era inverno.

Por dentro, era primavera.

Um comentário: